CRENÇAS LIMITANTES: 63 Exemplos que Envenenam o seu Potencial como Empreendedor.

CRENÇAS LIMITANTES: 63 Exemplos que Envenenam o seu Potencial como Empreendedor.
Continua após a publicidade..

Cerca de 90% das situações negativas que criamos em nossa mente sequer realmente se tornam realidade. É uma porcentagem muito grande graças a um problema chamado “Crenças Limitantes”.

Você já parou pra pensar o quanto de boas ideias para empreender você jogou no lixo por conta de pensamentos negativos que sugiram do nada em sua mente?

Bem, provavelmente a sua resposta seja “não”, e realmente é melhor não parar pra pensar mesmo, para não gerar arrependimento.

O meu intuito aqui não é te assustar, mas saiba que a probabilidade desses pensamentos que te atrapalharam em decisões no passado, aparecerem em decisões no futuro, são grandes. Até por que provavelmente eles estejam te acompanhando desde a infância.

Então, se você não quer mais jogar fora nenhuma oportunidade, quem sabe até mesmo de ficar rico como empreendedor, eu te aconselho a continuar lendo. Pois nesse artigo eu irei te apresentar:

  • O que são crenças limitantes;
  • Como identificá-las;
  • 63 crenças limitantes que estão envenenando seu potencial como empreendedor;
  • + SUPER BÔNUS: 5 passos para superar crenças limitantes;

Ficou curioso? Aposto que não irá se arrepender.

Então, crenças limitantes!

O que são crenças limitantes?

O que são crenças limitantes?

Crenças limitantes são pensamentos que a gente tem o tempo todo e que limitam nossas ações. São crenças negativas, pesadas e que estão conosco há muito tempo, possivelmente desde que somos crianças.

Esses pensamentos acabam virando verdades dentro de nós, sem que a gente perceba e elas influenciam todas as nossas decisões de forma negativa.

Sabe aquele “Ah, mas eu não consigo”? Pois é, esse é um exemplo.

Como identificar suas crenças limitantes:

Como identificar suas crenças limitantes.

Identificar crenças limitantes não é uma tarefa fácil de se realizar. Todavia existe uma forma muito eficiente de se descobrir, que é através dos questionamentos.

Ao questionar você age de maneira investigativa. Por exemplo, se sentir medo de algo pergunte a si mesmo:

  • Por que estou com medo disso?
  • Porque devo sentir medo?
  • Qual o risco que isso me trás?

Dessa forma você chegará as crenças limitantes existentes por trás do seu comportamento, como:

  • “O medo serve pra te mostrar que você está em perigo” ou
  • “Se você sentir medo de algo, você deve evitá-lo” ou
  • “Você deve sentir medo de tudo o que desconhece”.

Embora pareça fácil, ainda assim dificuldades podem ser encontradas durante esse exercício. Sendo assim, aqui vão 63 exemplos de crenças limitantes para te auxiliar nessa tarefa.

63 crenças limitantes que envenenam seu potencial empreendedor:

63 exemplo de crenças limitantes

1. Eu não consigo, eu não sou uma pessoa persistente;

2. Sou bom em começar projetos, mas não consigo termina-los;

3. Eu não sou um especialista nessa área;

4. Ninguém se importa com o que tenho a dizer;

5. Eu não sou perfeito. Por que alguém iria (ouvir/ comprar de/ me contratar?);

6. Eu não consigo dedicar o suficiente;

7. Não vale a pena investir nisso;

8. Eu não mereço [dinheiro, reconhecimento, sucesso];

9. Eu não tenho tempo pra isso;

10. Minha família não é empreendedora. Eu não tenho exemplos na família;

11. Se eu empreender as pessoas vão me julgar;

12. Eu sou criativo demais;

13. Eu não sou criativo o suficiente;

14. Eu sou um procrastinador, eu procrastino demais;

15. Se eu empreender vão me achar um estúpido;

16. Ah não compensa, alguém já pensou nisso antes;

17. Outras pessoas podem fazer melhor do que eu. Eu não sou capaz;

18. Ninguém está interessado em minhas ideias;

19. Minha ideia é estranha/ incomum/ fora do padrão existente;

20. Se eu tiver sucesso, não serei capaz de sustentá-lo;

21. Eu não tenho as habilidades necessárias para empreender;

22. Eu nunca serei criativo / analítico / matemático / bom em vender o suficiente para ser um empreendedor;

23. Empreendedores / vendedores são pessoas más / chatas;

24. Ninguém iria querer o que tenho a oferecer;

25. Eu não tenho conhecimento o suficiente;

26. Eu não sou uma pessoa boa em (números, negócios…);

27. Eu nunca serei bem-sucedido como fulano;

28. Eu não serei bem-sucedido, então não faz sentido tentar;

29. Eu sou muito velho, já está tarde demais;

30. Eu sou muito jovem pra ser empreendedor;

31. Eu nasci pra ser empregado dos outros;

32. Eu estou abaixo dessas pessoas;

33. Eu sou um desistente. Eu não termino as coisas. Eu não persisto;

34. Eu sou preguiçoso demais;

35. Os empreendedores são desprezíveis;

36. Eu não sou original o suficiente;

37. Pessoas como eu não … (constroem negócios, tornam-se empreendedores, tornam-se bem-sucedidas);

38. As pessoas não me levam a sério porque eu sou … (feminino, masculino, jovem, velho, gordo, magro);

39. Eu vou parecer tolo;

40. Eu não sinto que poderia dar valor suficiente;

41. Eu já tentei antes e falhei, então vou falhar se eu tentar de novo;

42. Não posso porque tenho filhos. Eu não posso porque eu…;

43. Independente do quão duro eu trabalhar ou quão bom for meu serviço, eu nunca serei bom o suficiente;

44. Eu não consigo cumprir metas;

45. Só o tempo irá dizer se serei empreendedor ou não;

46. ​​Eu não posso pedir nada. Serei rejeitado;

47. Eu não sei / não sei por onde começar;

48. O único caminho para o sucesso é ir para a faculdade, obter um diploma e trabalhar rumo ao nível corporativo;

49. Eu não tenho força de vontade;

50. Eu simplesmente não estou motivado;

51. Pra que ser empreendedor?, Eu já sou feliz com o que tenho;

52. Eu não sou inteligente o suficiente;

Continua após a publicidade..

53. Eu não posso fazer isso;

54. Não faz sentido investir nisso;

55. Eu não tenho dinheiro suficiente;

56. Eu não tenho suporte suficiente;

57. Eu não tenho as conexões / contato;

58. Eu sou muito tímido;

59. Estou com muito medo;

60. Muitas pessoas já fazem isso, não compensa investir;

61. Eu não sou especialista em tecnologia;

62. Eu não sei o que quero;

63. Agora não é a hora, deixa que só tempo irá dizer;

Então, crenças limitantes!

5 Passos para superar crenças limitantes:

5 passos para superar crenças limitantes.


Então, crenças limitantes!

1- Identifique suas crenças limitantes:

Após ler os exemplos dados anteriormente e se identificado com uma das crenças, saiba que o primeiro passo foi dado. Você não pode consertar um problema que desconhece.

Anote em um pedaço de papel todas as crenças limitantes que bloqueiam seu lado empreendedor. Essas crenças podem incluir qualquer coisa, desde medo, desculpas esfarrapadas, experiência, etc.

Por exemplo:

  • Eu não tenho dinheiro suficiente pra começar um negócio;
  • Não tenho suporte suficiente para abrir um negócio;
  • Eu não conseguirei crescer meu negócio;
  • Etc;

Então, crenças limitantes!

2- Descubra os principais motivos pelos quais essas crenças existem:

Listado as crenças limitantes que você possuí, tente entender as razões pela existência das mesmas. Essas razões podem ser várias, todavia no geral estão ligada a experiências da infância / programação social e etc;

Para fazer isso, basta seguir o exemplo abaixo:

  • Não tenho dinheiro suficiente pra começar um negócio, por que eu acredito que todo negócio precisa de grandes investimentos;
  • Eu não tenho suporte suficiente para abrir um negócio, por que eu acredito que sou incapaz de abrir um negócio sozinho.
  • Não conseguirei crescer meu negócio, por que eu só penso a curto prazo e quero resultados imediatos.

Então, crenças limitantes!

3- Entenda que suas crenças não são verdadeiras:

Os seres humanos possuem o mau hábito de imaginar o resultado de uma ideia antes mesmo de colocá-las em prática. Pois é bem mais fácil imaginar o que pode acontecer do que colocar em prática e ver o que acontece. Saiba que isso é consequência de duas coisas:

  1. O seu cérebro está programado para economizar energia, assim ele cria diversos pensamentos que limite suas ações e consequentemente o gasto de energia.
  2. O seu cérebro tenta ao máximo te proteger de situações que ele considera perigosas, mesmo que na realidade não seja, já que ao longo da vida o cérebro cria padrões do que ele considera seguro.

Sendo assim, a partir de agora entenda que as crenças que te limitam não são verdadeiras, tente usar o seu lado racional de modo a não cair nas armadilhas do seu cérebro.

Então, crenças limitantes!

4- Procure por novas crenças:

O próximo passo após reconhecer que as crenças que você identificou simplesmente não são verdadeiras, é formar novas crenças.

Use este momento para formar novas crenças que lhe agregue positivamente. Escolha suas novas crenças com cuidado, porque essas se manifestarão em sua vida.

Depois de trocar todas as crenças limitantes por novas, fortalecedoras e positivas, comece a agir como se você fosse uma nova pessoa. Pode ser difícil mudar, pode levar semanas ou meses, mas com dedicação, você chegará lá.

Vamos dar um exemplo:

  • ANTES: “Eu não tenho dinheiro suficiente pra começar um negócio”,
  • DEPOIS: “Eu irei buscar formas de abrir meu negócio sem precisar de muito dinheiro e caso precise, eu irei usar minha criatividade para consegui-lo”.

Através desse exercício você colocará o seu cérebro para trabalhar e irá tirá-lo da zona de conforto.

Então, crenças limitantes!

5- Fortaleça suas novas crenças:

O quinto e último passo é buscar evidências que tornem suas novas crenças verdadeiras. Você precisará de fortes evidências que force seu cérebro a agir de acordo com as suas novas crenças. Sem evidência você poderá facilmente ser boicotado.

Quanto mais tempo você gastar acreditando e agindo como “o novo você”, mais rápido poderá dizer adeus as crenças limitantes!

Então, crenças limitantes!

Então, espero que esse conteúdo tenha te ajudado e se ajudou gostaria que me desse um feedback.

Este artigo foi útil para você?

Talvez você já esteja familiarizado com o assunto. Há algo que você gostaria de acrescentar?

Por favor, deixe seu comentário abaixo deste artigo.

Perguntas Frequentes

1. O que são crenças limitantes?

Crenças limitantes são pensamentos negativos e autossabotadores que impedem o seu crescimento e sucesso como empreendedor. São ideias que minam a sua confiança e capacidade de agir.

2. Como superar crenças limitantes?

Superar crenças limitantes envolve a conscientização, questionamento e substituição dessas crenças por pensamentos mais positivos e construtivos. O apoio de um coach ou psicólogo também pode ser útil.

3. O que é mentalidade empreendedora?

A mentalidade empreendedora é uma forma de pensar e agir que favorece o empreendedorismo. Isso inclui a disposição para assumir riscos calculados, aprender com o fracasso e persistir diante dos desafios.

4. Como o networking pode ajudar a superar crenças limitantes?

O networking permite que você se conecte com outros empreendedores e profissionais que podem oferecer apoio, insights e orientação. Essas conexões podem ajudar a superar crenças limitantes e promover o crescimento.

5. Qual é o primeiro passo para superar crenças limitantes?

O primeiro passo é reconhecer e identificar suas crenças limitantes. Em seguida, trabalhe na substituição delas por pensamentos mais positivos e construtivos. A ajuda de um profissional pode ser valiosa nesse processo.

Continua após a publicidade..

Jackson Lopez

Olá, eu sou o Jackson Lopez, e estou empolgado em compartilhar minha paixão por finanças, educação financeira, ganhar dinheiro e planejamento de aposentadoria através do meu site Diário Monetário. Ao longo dos anos, mergulhei fundo no mundo das finanças e descobri estratégias inteligentes para alcançar objetivos financeiros sólidos e uma vida próspera. No Diário Monetário, vou guiá-lo em uma jornada de conhecimento financeiro, oferecendo dicas práticas, insights valiosos e informações atualizadas para que você possa tomar decisões informadas e conquistar a independência financeira que merece. Vamos explorar juntos as nuances das finanças, desvendar os segredos do investimento e desenhar um futuro financeiro sólido. Mal posso esperar para ser seu guia confiável nessa jornada emocionante em direção à prosperidade financeira. Acompanhe-me no Diário Monetário e juntos trilharemos o caminho para uma vida financeira bem-sucedida.